A rinoplastia é uma das cirurgias estéticas mais procuradas atualmente. Por regra, esta intervenção tem como objetivo melhorar a estética do nariz, embelezando-o ou corrigindo aquilo que a pessoa quer.

As pessoas procuram a rinoplastia para tornar o nariz mais proporcional ao rosto, daí este tipo de intervenção ser tão procurado. Perceba, por isso, quando é que esta cirurgia é feita e porquê.

Mulher é preparada para uma rinoplastia


Rinoplastia: que cirurgia é esta?


Inserida na especialidade de Medicina Estética, a rinoplastia é, também, muitas vezes, feita para corrigir aspetos internos — como é o caso da dificuldade respiratória que algumas pessoas têm.

Por isso, não podemos afirmar que, este procedimento, acontece, unicamente, para melhorar  o aspeto estético. Por isso, para perceber melhor o que é a rinoplastia, saiba em que contextos é mais usada:

  • Para reduzir narizes muito grandes ou compridos;
  • Para estreitar narizes largos;
  • Para alinhar narizes que, por alguma razão, estão desviados;
  • Para eliminar altos considerados inestéticos;
  • Para remodelar a ponta do nariz;
  • Para melhorar o ângulo entre o nariz e o lábio superior.

Mas, como já afirmámos, é importante que compreenda que, a rinoplastia, é uma cirurgia que vai muito além da melhoria do aspeto estético de uma pessoa.

Aliás, são vários os casos que procuram esta intervenção para melhorar a capacidade respiratória. Esta, pode estar comprometida por algum tipo de obstrução (como é o caso do desvio do septo nasal).

Em casos mais complexos, este problema pode provocar sinusite, pelo que é importante acompanhar o caso desde cedo de forma a evitar uma operação — seja ela qual for.

Médico retira penso a mulher após rinoplastia


Quanto tempo demora uma rinoplastia? E a sua recuperação?


Cada caso é um caso — e uns são mais complexos do que outros. Mas, em média, uma rinoplastia pode demorar entre duas a quatro horas. 

Ainda que a incisão principal seja, normalmente, feita perto das narinas, a verdade é que a maior parte do procedimento acontece internamente. Só assim é possível corrigir os problemas manifestados, relacionados com cartilagens ou com a própria estrutura óssea do nariz.

Tudo depende da intervenção em si, mas a maior parte das pessoas tem alta hospitalar no próprio dia da cirurgia. Em alguns casos, contudo, pode ser necessário o internamento de uma noite.

Ainda assim, esta é considerada uma operação relativamente simples — sobretudo quando comparada com outras. Em média, são precisos 10 a 15 dias para uma pessoa recuperar totalmente da cirurgia.

No entanto, é natural que o rosto permaneça enfaixado ou com pensos. A verdade é que, só assim, é possível proteger o nariz e acelerar o processo de cicatrização.

Apesar de rápida, a recuperação implica lidar com algumas situações pouco confortáveis, como a dor, o inchaço ou as zonas do rosto pisadas — nada que não se resolva com os analgésicos indicados (e prescritos pelo médico responsável).

Rinoplastia: as complicações mais comuns


Como qualquer intervenção cirúrgica, seja ela estética ou não, existem possíveis complicações. Por isso, quando falamos de uma cirurgia ao nariz, o mesmo contexto se aplica. Conheça, então, os problemas que podem surgir:

  • A anestesia geral, ainda que segura, pode trazer complicações (em qualquer operação);
  • Risco (pequeno) de hemorragia pós-operatória;
  • Risco de infeção nasal, ainda que mínimo;
  • Fraca visibilidade de eventuais assimetrias ou irregularidades (apenas notáveis quando o inchaço desaparece);
  • Irregularidades ou imperfeições causadas pelo processo de cicatrização.

Melhorar a estética do nariz ou corrigir determinadas imperfeições pode, por isso, ser arriscado, mas nada de alarmante.

É certo que falamos sempre de uma intervenção cirúrgica, que implica riscos (seja ela qual for). No entanto, são raros os casos que sofrem complicações após uma rinoplastia. 

Em algumas situações, face aos problemas que podem existir, é aconselhada uma segunda cirurgia, ainda que isso seja pouco comum nos dias que correm.