Como é uma das intervenções cirúrgicas que mais acontecem ultimamente, a rinoplastia suscita, também, muitas dúvidas. São várias as questões relacionadas com este procedimento que, ainda que associado à Medicina Estética, é muito mais do que isso.

Por esse motivo, respondemos às principais perguntas sobre rinoplastia. Se está a pensar fazer uma cirurgia destas, perceba o tempo que vai precisar para voltar a praticar desporto, viajar e até para que todo o inchaço e equimoses desapareçam.

Homem a ser submetido a uma rinoplastia

As principais dúvidas sobre Rinoplastia


Este procedimento, ainda que estético, é, também, plástico. Isto porque, além de melhorar o aspeto exterior (ou a proporção) do nariz, é igualmente capaz de corrigir problemas internos.

Esses problemas estão, na maior parte das vezes, associados a dificuldades respiratórias. Também por isso é que a rinoplastia é uma cirurgia tão conhecida e feita nos últimos anos.

E não vamos mentir: o pós-operatório é uma das alturas mais desafiantes desta operação, pelo que é essencial que siga todos os procedimentos e cuidados com a melhor das atenções.

É também a pensar nessa altura que respondemos às principais dúvidas sobre a rinoplastia.

A zona dos meus olhos vai ficar pisada?


Sim, é muito provável. Mas não se preocupe, porque é uma reação completamente natural. O termo certo para essas zonas "roxas", ou pisadas, é "equimose". 

A equimose é a reação exterior que a pele tem após uma cirurgia como a rinoplastia. Ela acontece porque, os vasos sanguíneos, rompem-se por debaixo da pele. Esse rompimento, por sua vez, manifesta-se sob uma tonalidade mais escura (geralmente roxa).

A equimose não é motivo de alarme. Mas, para que a cirurgia seja um sucesso, é normal que os médicos tenham que mexer em diferentes zonas da face. Umas "sofrem" mais do que outras, pelo que a reação normal é que, as mesmas, fiquem pisadas durante algum tempo (entre uma a três semanas, geralmente).

Este aspeto "pisado" desaparece naturalmente. Ainda que lhe sejam prescritos determinados medicamentos para as dores, a verdade é que é uma questão de tempo até a sua pele voltar a ter um aspeto normal.

Colocação de pensos após uma rinoplastia


Quanto tempo demora uma rinoplastia?


Não existe uma duração fixa para todas as rinoplastias, já que tudo depende do grau de complexidade da operação em si. Mas, em média, estas cirurgias não ultrapassam as 3 horas.

Depois, o tempo de internamento é, também ele, curto. Pode acontecer que fique a primeira noite no hospital — uma vez que é usada anestesia geral —, mas, depois disso, terá alta.

Se a intervenção acontecer no período da manhã, o mais provável é que tenha alta no próprio dia.

Quando é que posso voltar a fazer exercício físico?


O mais seguro é voltar aos treinos um mês depois. Mas, se o exercício for moderado, pode recomeçar a praticá-lo duas semanas após a rinoplastia.

No entanto, é muito importante que evite os exercícios mais violentos — não só pela exigência física, mas também porque transforma o seu rosto numa fonte de calor (o que deve ser altamente evitado no pós-operatório).

Como em tudo, é importante que volte à sua rotina sem pressas, para não comprometer o processo de cicatrização e a sua própria recuperação.

Quando é que posso viajar novamente?


Neste caso, falamos em viagens de avião.  A pressão sentida é muito alta, pelo que todo o cuidado é pouco. Por isso, é aconselhável que fale com o seu médico de forma a perceber quando pode voltar a viajar de avião.

Tudo depende da complexidade do procedimento, mas, à partida, poderá voltar a viajar após 10 a 15 dias. É claro que, este período, não se aplica a viagens de carro, por exemplo — mas, ainda assim, deve manter todos os cuidados.